Sejam bem-vindos ao site do Laboratório de Produção – Curso técnico em produção cultural pioneiro no estado do Ceará. O Curso técnico em Produção de eventos culturais oferece formação técnica gratuita, contribuindo para o formação desses profissionais, apresentando-se como espaço de organização e qualificação para atender a demanda de desenvolvimento de projetos e programas culturais existente no estado do Ceará.

Chegando à sua segunda edição, o curso terá início em agosto de 2016, oferecendo formação totalmente gratuita ao longo de 12 meses, com disciplinas distribuídas em três eixos básicos: Fundamentos dos meios de expressão; Teoria e método em cultura; e Planejamento e produção cultural. 

Sua estrutura contempla uma carga horária total de 1.060 horas/aula, distribuídas entre 26 disciplinas obrigatórias (incluindo o estágio supervisionado de 200h/a), e 390 horas/aula de formação complementar, composta por 12 cursos livres (20h/a cada), 11 oficinas instrumentais (10h/a cada) e 5 seminários de produção cultural (8h/a cada). As aulas ocorrerão de segunda a quinta-feira, no turno da manhã, na Vila da Artes e na Universidade do Trabalho Digital (prédio do Cine São Luiz).

Aliando a formação extensiva à complementar, o Laboratório estimula a pluralidade, gerando espaços de pesquisa e sistematização de conhecimentos, além de interação entre profissionais, o que favorece ações compartilhadas e fortalecimento de redes. Ao todo, são alcançados 50 produtores culturais na formação extensiva do Curso Técnico e cerca de 1.700 pessoas participantes da Formação Complementar.

Para participar da seleção e conhecer um pouco mais do funcionamento do curso, convidamos você a visitar as abas de “disciplinas” e “inscrições".

Apresentado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e a Souza Cruz, o Laboratório de Produção – Curso Técnico em Produção de Eventos culturais e realizado pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico – CENTEC, pela Quitanda das Artes e o Instituto BR Arte, correalização do Instituto Raimundo Vieira Cunha, produção executiva da Cinco Elementos Produções.

 

Foram 18 meses de reflexão, criação e produtividade. A primeira turma do Laboratório de Produção Cultural – Curso Técnico em Produção cultural, iniciativa de formação pioneira no Estado do Ceará, foi concluída em junho de 2015 e formou 40 produtores culturais, tornando os profissionais aptos para uma atuação qualificada no mercado de trabalho.

O Curso teve início em 2013 e foi estruturado com uma carga horária de 1.050 horas-aula, disponibilizando aos alunos um total de 26 disciplinas regulares que abordavam as artes e as políticas culturais, de modo mais amplo, e debates mais específicos nas diversas linguagens artísticas, como teatro, artes plásticas, música e Literatura. Como parte integrante dessa formação, o estágio supervisionado permitiu que os alunos testassem, na prática, os conhecimentos adquiridos no curso. Com experiências diversas em grandes produtoras, equipamentos culturais e outros espaços de Fortaleza, os alunos não só contribuíram para o desenvolvimento desses locais, como também se tornaram multiplicadores do conhecimento, fazendo com que os resultados da formação repercutissem ainda mais no campo cultural.

Além da qualificação extensiva, o Laboratório ofereceu uma formação complementar composta por 8 cursos livres, 6 oficinas e 4 seminários, beneficiando um público de mais de 1.700 pessoas. Uma formação robusta que teve como um de seus principais diferenciais a qualidade do corpo docente, formado por doutores, mestres e especialistas do Ceará e de outros estados do Brasil. Os alunos tiveram acesso a pesquisadores e profissionais da cultura de amplo reconhecimento no mercado e no meio acadêmico, contando com professores como Lia Calabre, Marta Porto, Maria Helena Cunha, Cláudia Leitão, Sérgio Sobreira, Alexandre Barbalho, Humberto Cunha, Dilmar Miranda, Roberto Galvão, entre outros.

Apresentado pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), em parceria com o Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) e realização da Quitanda das Artes e da Associação dos Produtores de Arte do Ceará (Proarte), a primeira edição do Laboratório de Produção alcançou a proposta de qualificar profissionais que já desenvolviam atividades no campo da arte e da cultura, estimulando e apoiando o fortalecimento do mercado e um crescimento sustentável do setor cultural.

Superando os resultados previstos inicialmente, o Laboratório se consolidou não só como uma iniciativa de formação, mas como uma ferramenta de valorização profissional e geração de emprego e renda no campo cultural, cuja expansão vem superando segmentos tradicionais da economia brasileira. É nesse cenário que o curso ganha relevância e desperta outros olhares dos atores culturais no Ceará, abrindo espaço para a realização de sua segunda edição.